Ads Top

ESSA ERA A INSANIDADE VIRTUAL QUE JAMIROQUAI FALOU EM 1996: Implante de chip da Neuralink permite que macaco jogue video game usando apenas o cérebro sem precisar tocar na tela ou de controles; Elon Musk está se preparando para auxiliar o governo único mundial


O vídeo de três minutos mostra Pager aprendendo a controlar um computador com sua atividade cerebral. No início, o macaco usa um joystick para interagir com o computador para um "smoothie de banana saboroso, entregue através de um canudo". O narrador afirma que Pager tem dois dispositivos Neuralink implantados em seu cérebro. Os dispositivos, que Musk chama de "Fitbit para seu crânio", foram revelados em uma coletiva de imprensa em agosto de 2020.

AGORA VIRTUAL INSANITY de Jamiroquay está fazendo sentido: 


Neuralink, a startup de implante cerebral fundada pelo chefe da SpaceX e auto-nomeado rei techno Elon Musk, revelou um novo vídeo de um macaco de nove anos chamado 'Pager' jogando Vídeogame... com seu cérebro.

Titã da Big Tech Elon Musk aparentemente tem o "toque midas" com quase todos os que ele coloca as mãos em sucesso em um grau muito alto. Desde o lançamento de foguetes no espaço até o Tesla autônomo, Musk está disparando em todos os oito cilindros, trocadilho pretendido. Não só isso, depois de um teste neuralink de cair o queixo em um macaco chamado Pager, ele agora está se preparando para lançar microchips implantáveis humanos para o seu cérebro.

Assistir ao vídeo de um macaco jogando videogame sem usar controles é perturbador o suficiente, mas então na metade do caminho, Pager o macaco de repente descobre que tudo o que ele precisa para continuar jogando o jogo é usando seus pensamentos. Se isso não mostrar o quão profundos estamos nos tempos finais agora, então nada vai te mostrar. 

O vídeo de três minutos mostra Pager aprendendo a controlar um computador com sua atividade cerebral. No início, o macaco usa um joystick para interagir com o computador para um "smoothie de banana saboroso, entregue através de um canudo". O narrador afirma que Pager tem dois dispositivos Neuralink implantados em seu cérebro. Os dispositivos, que Musk chama de "Fitbit para seu crânio", foram revelados em uma coletiva de imprensa em agosto de 2020.


Enquanto Pager joga através dos jogos, o narrador explica que os dispositivos Neuralink em seu cérebro estão lendo sua atividade cerebral e que a atividade está sendo decodificada por um computador. Quando a equipe desconecta o joystick, Pager continua jogando o jogo — e o implante cerebral permite que ele jogue "MindPong", como Neuralink o apelidou. Musk afirmou em um tweet na quinta-feira que o primeiro produto da startup permitiria que "alguém com paralisia usasse um smartphone com a mente mais rápido do que alguém usando polegares". Esse é um futuro que ainda parece muito longe.


"MINDPONG É UMA DEMONSTRAÇÃO INICIAL DAS CAPACIDADES POTENCIAIS DO N1 LINK", DISSE A EMPRESA EM UM COMUNICADO À IMPRENSA. "NO ENTANTO, É IMPORTANTE LEMBRAR QUE É UMA PEQUENA FATIA DO QUE NOSSO DISPOSITIVO PRETENDE ALCANÇAR."


Neuralink tem sido relativamente radio-silencioso desde que foi fundado pela primeira vez em 2016. Nos últimos dois anos, a startup produziu duas coletivas de imprensa comandadas por Musk,detalhando seu impulso futuro. Em 2019, o dispositivo Neuralink estreou e progressos constantes pareciam ter sido feitos no ano seguinte, quando os implantes de suínos foram revelados.



Os briefings também funcionavam como drives de recrutamento, com Musk pedindo às pessoas para entrar em contato e se juntar. Uma chamada semelhante é postada no final do vídeo do macaco Neuralink. Mas a informação ainda é escassa: Musk e Neuralink publicaram um artigo científico, no Journal of Medical Internet Research, em outubro de 2019.


Musk brincou que Neuralink tinha ligado o cérebro de um macaco para jogar videogames durante uma reunião do Clubhouse em fevereiro. "Temos um macaco com um implante sem fio no crânio que pode jogar videogame usando sua mente", observou. Agora vemos isso em ação, mas não temos muito no caminho das evidências científicas aqui, ainda.


No comunicado de imprensa simultâneo no site da Neuralink, a empresa afirma que "nosso primeiro objetivo é devolver às pessoas com paralisia sua liberdade digital: comunicar-se mais facilmente via texto, seguir sua curiosidade na web, expressar sua criatividade através da fotografia e da arte, e, sim, jogar videogame".




Foram dias estranhos para Neuralink. No início desta semana, o presidente e co-fundador da Neuralink, Max Hodak, fez um tweet ambíguo sobre Jurassic Park que muitas publicações levaram a significar que Neuralink estava investindo no desenvolvimento de DNA dino. Macacos jogando Pong não é bem dna dino, mas... Talvez seja ainda mais impressionante? Quem sou eu para dizer? LEIA MAIS


Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.