Ads Top

4 Presidentes dos Estados Unidos foram assassinados; Biden é condenado públicamente por chamar o Capitólio de ¨pior ataque à democracia¨ desde a Guerra Civil Estadunidense



O presidente Joe Biden recebeu pesadas críticas depois de descrever a invasão do Capitólio em 6 de janeiro como "o pior ataque" à democracia desde a Guerra Civil.

Durante seu discurso em uma sessão conjunta do Congresso na quarta-feira, Biden disse que "herdou uma nação em crise", incluindo "a pior pandemia em um século", "a pior crise econômica desde a Grande Depressão", e, mais notavelmente, "o pior ataque à nossa democracia desde a Guerra Civil".

Biden parecia estar fazendo uma clara referência a 6 de janeiro, quando apoiadores do ex-presidente Donald Trump invadiram o Capitólio em protesto à vitória de Biden nas eleições presidenciais de 2020.

Embora a invasão do Capitólio tenha causado várias mortes, danos materiais e também levado a saques, usuários de mídia social condenaram Biden por chamá-lo de o pior ataque à democracia desde a Guerra Civil sobre incidentes mais graves, como o assassinato de quatro presidentes, incluindo o presidente John F. Kennedy, e os ataques terroristas de 11 de setembro.


.

Os Estadunidenses também listaram outros incidentes importantes, incluindo o ataque japonês a Pearl Harbour,o escândalo watergate do presidente Richard Nixon, a vigilância em massa da NSA sobre cidadãos americanos, o Red Scare, os ataques incendiários de verão de 2020 contra edifícios do governo por manifestantes de esquerda, e o tiroteio em massa em junho de 2017 em um jogo de beisebol no Congresso pelo ativista liberal James Hodgkinson – que deixou o líder da Câmara, Steve Scalise, gravemente ferido.

O veterano do SEAL da Marinha Eric Greitens acusou Biden de esquecer o sacrifício dos americanos que morreram nos ataques de 11 de setembro e na subsequente "Guerra ao Terror", enquanto outros apontaram que um dos que detonaram uma bomba na capital dos EUA em 1983 mais tarde recebeu clemência do ex-presidente Bill Clinton.

A Far Left Watch, uma organização que rastreia e investiga a extrema-esquerda, criticou Biden por se envolver em "negacionismo ativo de dezenas de ataques extremistas de extrema-esquerda completamente documentados" ao longo das décadas.


FONTE: RT

TRADUÇÃO: BDN


Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.