Ads Top

Os novos Nazistas censuradores? Como a censura do Twitter e Facebook, pode levar as eleições dos Estados Unidos se tornar em uma Guerra Civil Americana

 


A Breitbart News informou em setembro que o diretor de políticas públicas do Twitter Carlos Monje deixou a empresa de mídia social para se juntar à equipe de transição de Joe Biden. O papel específico de Monje na equipe não ficou claro e a equipe de transição de Biden teria se recusado a comentar a situação. Apesar de um papel específico não ter sido nomeado, Monje supostamente estará servindo como co-presidente do comitê de política de infraestrutura de Biden e já ajudou a organizar uma arrecadação de fundos para Biden esta semana, de acordo com um convite enviado ao Politico.

Após a publicação da bombástica história do New York Post sobre os negócios da família Biden na Ucrânia, Facebook e Twitter (De Mark Zuckerberg e Jack Dorsey respectivamente) trabalharam duro para suprimir a história em suas plataformas. A censura vem poucas semanas depois que executivos de ambas as empresas se juntaram à equipe de transição de Joe Biden.

Muitas pessoas me disseram que "bem, 2020 certamente não poderia ficar muito mais estranho", e ainda assim, ele atende e excede essa afirmação agora em uma base quase diária. 2020 é o ano mais estranho em talvez toda a história de 244 anos dos Estados Unidos. Vivemos em uma nação que fica obcecada com "conluio russo", gastando 28 milhões de dólares para investigá-lo quando eles sabiam que era falso o tempo todo, e não faz literalmente nada quando os gigantes da mídia social Twitter e Facebook estão tentando fraudar a eleição a favor de Joe Biden enquanto assistimos a ela se desenrolar em tempo real.


Tudo isso confirma para mim o sentimento que tive desde que os confinamentos começaram em março, que as eleições em 19 dias serão explosivas, feias, e quase certamente cheias do tipo de violência que vimos nos últimos 5 meses dos manifestantes. Dezenas de milhares de militantes fascistas do BLM e da ANTIFA incendiando Washington? Não apenas possível, mas esmagadoramente provável. Prepare-se para qualquer coisa, prepare-se para o pior, e o que quer que faça, testemunhe os perdidos enquanto ainda temos tempo e oportunidade para fazê-lo. Essa janela pode estar fechando para sempre nos próximos 19 dias.


Facebook e Twitter censuram Biden Bombshells semanas após executivos se juntarem à sua equipe de transição

DE BREITBART: A Breitbart News noticiou recentemente a história bombástica do New York Post que indicava que Joe Biden pode ter se encontrado com um conselheiro do conselho da Burisma enquanto ele era vice-presidente, arranjado por seu filho Hunter, que estava trabalhando como lobista para a empresa na época. Joe Biden disse anteriormente: "Nunca falei com meu filho sobre seus negócios no exterior."


Mas, os e-mails vazados supostamente mostram que Hunter apresentou seu pai a um executivo de Bursima menos de um ano antes de Biden, atuando como vice-presidente, pressionar o governo ucraniano a demitir um promotor que estava investigando a empresa. Pouco depois da história vazar, muitos se viram tendo problemas para compartilhá-la nas redes sociais. Essa censura vem poucas semanas depois que executivos do Facebook e do Twitter se juntaram à equipe de transição de Biden.


A Breitbart News informou em setembro que o diretor de políticas públicas do Twitter Carlos Monje deixou a empresa de mídia social para se juntar à equipe de transição de Joe Biden. O papel específico de Monje na equipe não ficou claro e a equipe de transição de Biden teria se recusado a comentar a situação. Apesar de um papel específico não ter sido nomeado, Monje supostamente estará servindo como co-presidente do comitê de política de infraestrutura de Biden e já ajudou a organizar uma arrecadação de fundos para Biden esta semana, de acordo com um convite enviado ao Politico.


Monje trabalhou no mundo da política de transição presidencial no passado, anteriormente servindo como diretor de revisão da agência na equipe que se preparou para a administração da Secretária de Estado Hillary Clinton, que não conseguiu voar. Monje também trabalhou no grupo de trabalho de segurança nacional da equipe de obama em 2008, de acordo com seu perfil no LinkedIn. Monje também atuou como vice-diretor de política durante a primeira campanha de Obama para o cargo e, posteriormente, atuou como conselheiro político sênior e assistente especial do presidente no Conselho de Política Doméstica. Os últimos anos de Monje na administração foram gastos no Departamento de Transporação antes de partir para o Twitter.


Em outubro, A Breitbart News informou ainda que a equipe de transição de Biden contratou a executiva do Facebook Jessica Hertz para seu conselho geral para supervisionar questões éticas. A mudança teria vindo à medida que a campanha luta com o Facebook para ter postagens do presidente Trump censuradas na plataforma. Este é o segundo executivo da Big Tech a se juntar à campanha de Biden. A Hertz supostamente será responsável pela "aplicação, supervisão e conformidade" do plano de ética que a equipe de Biden revelou esta semana.


O editor do New York Post Sohrab Ahmari foi um dos primeiros a notar que o Twitter o estava impedindo de postar um link para a história biden-ucrânia, alegando que o link era "potencialmente prejudicial". LEIA MAIS

Joe Biden de 77 anos perto de completar 78 anos em 20 de Novembro de 2020, e Donald J. Trump de 74 anos completado em 14 de Junho de 2020. - (Foto Reprodução) 

O Cenário atual Eleitoral Americano está como fosse uma pólvora sendo acessa perto de uma usina nuclear, é algo extremamente perigoso e delicado que está perto de explodir. E com certeza se os ânimos não se esfriarem uma guerra civil Americana pode acontecer nessas eleições. Até porque a capa da The Economist lançada em 03 DE SETEMBRO DE 2020, mostra isso: 


 É certo que algo pode ocorrer. 


Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.