Ads Top

Gripe aviária se espalha na Polônia atingindo granjas com cerca de 650 mil aves; e surto do vírus Zika na Índia com quase 100 casos


A Polônia relatou vários focos de gripe aviária H5N1 altamente patogênica em fazendas avícolas com grupos de quase 650.000 aves, disse a Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) na última segunda-feira (8).


A Polônia é o maior produtor de aves da União Europeia.


Cinco surtos, dos quais quatro em fazendas de engorda de perus e um em uma granja de frangos de corte, foram encontrados na parte oriental do país, enquanto outro foi descoberto em uma granja de perus e gansos na parte ocidental do país, disse a OIE, citando um relatório das autoridades da Polônia.


A gripe aviária, que se espalha mais frequentemente por aves selvagens migratórias, tem avançado rapidamente na Europa, aumentando a preocupação na indústria avícola depois que surtos anteriores levaram ao abate de dezenas de milhões de aves e restrições ao comércio internacional.


Na sexta-feira, o governo francês colocou todo o país em alerta máximo para a gripe aviária, estendendo a exigência de manter todos os grupos de aves nas áreas internas.


Isso aconteceu depois que as autoridades da Holanda no mês passado também ordenaram que fazendas comerciais mantivessem todos as criações nas áreas internas, depois que a gripe aviária foi relatada em uma fazenda.


Enquanto isso, no Reino Unido, um surto de gripe aviária altamente patogênica H5 foi relatado em uma pequena unidade avícola no centro da Inglaterra na segunda-feira. O Reino Unido declarou na semana passada uma Zona de Prevenção da Gripe Aviária em todo o país, ordenando que granjas e criadores de aves reforcem as medidas de biossegurança.



SURTO DE ZIKA, ATINGE A ÍNDIA





Pelo menos 89 pessoas foram infectadas com o vírus Zika transmitido por mosquitos no estado indiano de Uttar Pradesh desde que o primeiro caso da doença foi registrado em 23 de outubro na cidade de Kanpur, informa o The Times of India.

Por sua vez, NDTV indica que entre os infectados estão 17 crianças e uma mulher grávida. As autoridades desta cidade já alertaram sobre os riscos de o vírus continuar a se espalhar. Nesse sentido, relataram a realização de um exame massivo e a preparação da infraestrutura de saúde nas localidades afetadas.

Fonte: RT.


Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.