Ads Top

Israel só poderá normalizar relações com Arábia Saudita após a morte de rei Salman, diz fonte



Dias após o ministro israelense reconhecer o encontro entre o premiê Benjamin Netanyahu e o príncipe saudita Mohammed bin Salman, Riad estaria ainda relutante em normalizar relações com Israel.


A relutância partiria do próprio e atual rei do país, Salman bin Abdulaziz Al Saud.


De acordo com uma fonte do governo israelense, familiarizada com os contatos entre Riad e Tel Aviv, o encontro entre Netanyahu e o príncipe herdeiro do trono saudita foi "muito caloroso", noticiou o canal 12 de Israel.

Contudo, a fonte também disse que "Israel entende que não haverá avanço com os sauditas em um futuro próximo" visto que o rei Salman "se opõe firmemente" à normalização das relações.


Além disso, o oficial israelense disse que "o progresso só será possível depois que o rei Salman falecer".

Por sua vez, tendo em mente vantagens de uma cooperação com Israel, o príncipe herdeiro é a favor da normalização das relações, segundo a fonte.


Cooperando contra o Irã

Apesar da falta de oficialização nas relações entre ambos os países, a cooperação contra o Irã também deverá crescer, assim como as relações comerciais.


Contudo, embora o país árabe tenha aprovado a passagem de aeronaves da companhia israelense El Al pelo seu espaço aéreo indo e vindo dos Emirados Árabes Unidos, tal cenário não deverá se tornar realidade em um futuro próximo.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.