Ads Top

Bancada do MDB se reúne para discutir o adiamento das eleições municipais



As bancadas do MDB na Câmara dos Deputados e no Senado Federal realizam uma reunião on-line na tarde desta segunda-feira (22) para buscar um consenso sobre o adiamento das eleições municipais marcadas originalmente para outubro. O partido, que tem o maior número de prefeitos do Brasil, vem enfrentando resistência nas cidades do país para adiar o pleito devido à pandemia do novo coronavírus.

Há quase um mês, a legenda começou a ouvir a militância para fechar questão sobre o assunto. A expectativa é que uma decisão saia já durante a reunião desta segunda, no entanto, a data limite para que isso ocorra no MDB é 30 de junho. Até o momento, o que se sabe é que a maioria dos parlamentares é favor de que a eleição seja adiada para novembro, diferentemente dos prefeitos.

"Pessoalmente, sou favorável ao adiamento, como querem os especialistas em Saúde", afirmou o presidente do MDB e líder do partido na Câmara dos Deputados, Baleia Rossi (SP) à CNN.  Apesar da legenda estar tentando ouvir prefeitos e demais emedebistas antes de bater o martelo, Baleia lembra que a decisão final sobre o adiamento caberá ao Congresso Nacional. 

O adiamento das eleições também deve começar a ser analisado pelo Senado Federal na terça (22). A expectativa é que uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) seja votada pelos senadores em primeiro turno durante sessão à tarde. No Senado, a maioria dos parlamentares é a favor do adiamento. Já na Câmara dos Deputados ainda não há um consenso sobre o tema.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.