Ads Top

Vai pedir ajuda aos KOCH? Paulo Guedes embarca para os EUA em meio a denúncias de offshores

Ministro da Economia vai participar de reuniões com FMI, Banco Mundial e ministros da Fazenda dos países do G-20




O ministro da Economia, Paulo Guedes, embarca para os Estados Unidos nesta segunda-feira (11). Em Washington, ele participará da reunião anual do Fundo Monetário Internacional e do Banco Mundial, que reúne ministros da Economia de 190 países, e de reuniões com ministros da Fazenda e presidentes de Bancos Centrais do G-20, o grupo das 20 maiores economias do mundo. 


Guedes deve ficar nos Estados Unidos até quinta-feira (14). A viagem, que estava pré-agendada, acontece em meio às denúncias reveladas por uma associação de repórteres investigativos com base nos Pandora Papers, que mostram que que Paulo Guedes mantém contas nas Ilhas Virgens Britânicas, um paraíso fiscal. Guedes possui investimentos de 9,5 milhões de dólares (aproximadamente R$ 35 milhões na época do aporte).


A informação gerou protestos na porta do Ministério da Economia, em Brasília, pedidos de impeachment e uma convocação para ele se explicar no Congresso. 


O ministro nega irregularidades e diz que os recursos são declarados e que as movimentações foram feitas antes de se tornar ministro, em acordo com a legislação brasileira. No sábado (9), o ministro do STF Dias Toffoli arquivou dois pedidos de investigação sobre Guedes no caso das offshores. 


Com a desvalorização do real na sua gestão, Guedes lucrou R$ 14 mil por dia, já que seus investimentos subiram de aproximadamente R$ 35 milhões para R$ 51 milhões. 



Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.