Ads Top

Para 2022: Donald Trump lançará nova rede social TRUTH SOCIAL (VERDADE SOCIAL) visando rivalizar com o Facebook e Twitter




O ex-presidente dos EUA, Donald Trump anunciou planos para lançar uma nova rede social, chamada TRUTH Social. (A VERDADE SOCIAL NA TRADUÇÃO PARA O PORTUGUÊS). 


Ele disse que a plataforma "enfrentaria a tirania da grande tecnologia", acusando-os de silenciar vozes opostas nos EUA.


As mídias sociais desempenharam um papel fundamental na candidatura do sr. Trump à Casa Branca e foram seus meios favoritos de comunicação como presidente.


Donald Trump foi banido do Twitter e suspenso do Facebook depois que seus apoiadores invadiram o Capitólio dos EUA.


As empresas de mídia social estavam sob pressão durante toda a presidência do sr. Trump para bani-lo, com suas postagens criticadas como insultantes, inflamatórias ou vendas de falsidades.


No ano passado, o Twitter e o Facebook começaram a excluir alguns de seus posts ou rotulá-los como enganosos, como um em que ele disse que Covid era "menos letal" que a gripe.



Truth Social (truth significa verdade), uma rede social para “enfrentar a tirania da big tech”, segundo Trump. A nova rede pertencerá ao Trump Media & Technology Group (TMTG), empresa do ex-presidente. A companhia informou que parte do projeto iniciará em novembro de 2021. Já o lançamento oficial deve ocorrer apenas no início de 2022.


A empresa ainda concordou em associar-se ao Digital World Acquisition Group para o início de uma nova marca dirigida por Trump. “Vivemos em um mundo onde o Talibã está presente no Twitter, mas seu presidente dos EUA favorito foi silenciado”, disse Trump.


O Twitter censurou a conta de Donald Trump em janeiro deste ano. O motivo foi o suposto “incitamento à violência”. Em março, um dos conselheiros de Trump, Jason Miller, disse à Fox News que o ex-presidente voltaria com sua própria mídia social.


Mesmo assim, a ideia de Trump não é abandonar o Twitter. No início deste mês, ele pediu a um juiz distrital dos EUA que concedesse uma liminar para restaurar sua conta enquanto seu processo contra a rede social segue em andamento.


A equipe de Donald Trump está fazendo um grande negócio com isso. No entanto, não há indicação de que a nova empresa tenha uma plataforma de trabalho ainda. O novo site é apenas uma página de registro.


Ele quer criar uma plataforma que rivalize com o Twitter ou o Facebook, mas isso simplesmente não vai acontecer.


Por sua própria natureza, a plataforma é claramente politizada. Não vai ser uma loja de ideias como o Twitter, ou um lugar em que toda a família está como o Facebook.


O que poderia ser é uma versão mais bem sucedida de outras plataformas de mídia social de "liberdade de expressão" como Parler ou Gab.


Donald Trump claramente quer seu megafone de volta. Ele acha que esta pode ser a sua passagem. Mas se ele realmente vai ser ouvido, ele precisa das plataformas big tech para deixá-lo voltar - e isso não vai acontecer tão cedo.


A TMTG, que ele preside, também pretende lançar um serviço de vídeo sob demanda por assinatura.


A TMTG disse que seu serviço de vídeo sob demanda "contaria com programação de entretenimento 'não despertada', notícias, podcasts e muito mais".


O anúncio do sr. Trump vem meses depois que seu ex-assessor Jason Miller lançou outra empresa de mídia social chamada GETTR.


Sua crítica, que as mídias sociais silenciam vozes conservadoras, é compartilhada por muitos republicanos, embora dados do Facebook mostram que figuras como Ben Shapiro e Dan Bongino, bem como veículos como Fox News e The Daily Caller, aparecem consistentemente entre os posts de melhor desempenho do site.


O Sr. Trump mantém um forte domínio sobre o partido republicano. Ele insinuou que concorrerá novamente em 2024, mas não fez nenhum anúncio formal. Ele também manteve seu perfil em comícios públicos.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.