Ads Top

Rússia dispara pela 1ª vez míssil hipersônico a partir de um submarino


O governo da Rússia afirmou nesta segunda-feira (4) que testou com sucesso o lançamento de um míssil de cruzeiro hipersônico chamado Tsirkon, ou Zircon, a partir de um submarino pela primeira vez.


A arma foi elogiada pelo presidente Vladimir Putin como parte de uma nova geração de sistemas de armas incomparáveis.


O Ministério da Defesa, que testou o disparo do míssil Tsirkon de um navio de guerra em julho, disse que o submarino Severodvinsk disparou a arma enquanto estava no Mar de Barents, situado ao norte da Noruega e da Rússia, e atingiu o alvo escolhido.


“O teste de disparo do míssil Tsirkon de um submarino nuclear foi considerado um sucesso”, disse o Ministério da Defesa.

Em imagens de vídeo, de baixa qualidade, divulgadas pela pasta russa é possível ver o míssil sendo disparado de um submarino.


Em julho, partes da filmagem que mostrava o novo sistema avançado de mísseis terra-ar S-500 da Rússia pareceram ter sido deliberadamente desfocadas para torná-lo mais difícil de ser examinado em detalhes.


Alguns especialistas ocidentais questionam o quão avançada é a nova geração de armas da Rússia, mas reconhecem que a combinação de velocidade, capacidade de manobra e altitude dos mísseis hipersônicos fazem com que sejam difíceis de rastrear e interceptar as armas.


Putin anunciou uma série de novas armas hipersônicas em 2018 em um de seus discursos mais belicosos em anos. Ele disse ainda que eles poderiam atingir quase qualquer ponto do mundo e escapar de um escudo antimíssil construído pelos Estados Unidos.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.