Ads Top

Papa Francisco exige que Vale do Silício "em nome de Deus" censure "Discurso de Ódio", e "Teorias conspiratórias"


O herege de marca maior, e um dos piores Argentinos que pisou na terra junto de Che Guevara, Mario Jorge Bergoglio o PRIMEIRO PAPA JESUÍTA ¨invocou¨ Deus em um esforço para pressionar os gigantes do Vale do Silício a censurar mais conteúdo, incluindo "discurso de ódio" e "teorias da conspiração".


Sim, de verdade.


O Papa fez as observações durante um Encontro Mundial de Movimentos Populares, uma organização sombria criada para promover a "justiça social" e combater o racismo com a ajuda de líderes religiosos.


"Em nome de Deus, peço aos gigantes da tecnologia que parem de explorar a fraqueza humana, a vulnerabilidade das pessoas, por causa dos lucros sem se importar com a disseminação do discurso de ódio, do aliciamento, das notícias falsas, das teorias da conspiração e da manipulação política", afirmou.


O Papa Francisco também invocou o termo "pós-verdade", que foi inventado por órgãos de mídia de estabelecimento depois que eles começaram a perder o monopólio sobre o controle da narrativa após a eleição de Donald Trump.


O líder católico aparentemente acredita que é cristão e piedoso capacitar corporações gigantes para acabar com a liberdade de expressão.


Isso não é surpresa, dada a sua posição anterior sobre a liberdade de expressão em resposta ao massacre dos cartunistas charlie hebdo, quando ele retoricamente ficou do lado dos terroristas que os assassinaram a sangue frio.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.