Ads Top

Rússia vai abandonar sua missão junto da OTAN a partir de 1º de novembro de 2021




Sergei Lavrov, ministro russo das Relações Exteriores declarou nesta segunda-feira (18) que a Rússia suspenderá o funcionamento do escritório de informação da OTAN em Moscou.


"Em resposta às ações da OTAN, estamos suspendendo o trabalho de nossa missão permanente na aliança, incluindo o trabalho do principal representante militar. Provavelmente [será suspenso] a partir de 1º de novembro, ou levará mais alguns dias", afirmou Lavrov em uma coletiva de imprensa.


Ele acrescentou que "em segundo lugar, nós [Rússia] estamos suspendendo as atividades da missão de contatos militares da OTAN em Moscou, sendo assim, a acreditação dos seus funcionários deverá ser revogada a partir de 1º de novembro de 2021".

"E em terceiro lugar, as atividades do escritório de informação da OTAN em Moscou, que foi estabelecido na Embaixada do Reino da Bélgica, estão sendo encerradas", afirmou o chanceler.


Além disso, Lavrov detalhou que Moscou não pretende fazer de conta que as relações com a OTAN poderão mudar em uma perspectiva de curto prazo.


"A OTAN não está interessada em qualquer diálogo equitativo. Se é assim, não vemos grande necessidade de continuar fazendo de conta que são possíveis quaisquer mudanças em um futuro próximo, porque a OTAN já declarou, de fato, sobre a impossibilidade de tais alterações", disse Lavrov.

Em 6 de outubro, a OTAN anunciou a redução da missão russa junto à aliança de 20 para 10 pessoas, oito diplomatas tiveram suas acreditações revogadas, outras duas vagas foram eliminadas. Segundo a aliança, até final de outubro os diplomatas russos devem deixar Bruxelas.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.