Ads Top

Jared Kushner não queria usar máscaras no começo do Coronavírus em 2020, e achou que todos iriam morrer nos Estados Unidos em Junho 2020, segundo LIVRO

Um novo livro diz que o conselheiro sênior da Casa Branca Jared Kushner teve um colapso no início da pandemia COVID-19 quando ele se enfureceu: Seu IDIOTA! Estaremos todos mortos até junho!


A afirmação é feita em Nightmare Scenario: Inside the Trump Administration's Response to the Pandemic That Changed History, que é de autoria dos jornalistas do Washington Post Yasmeen Abutaleb e Damian Paletta.


Kushner aparentemente teve o colapso em março de 2020, em resposta ao ser informado pelo Secretário Assistente de Saúde para Preparação e Resposta Robert Kadlec que uma ordem de 600 milhões de máscaras faciais não seria entregue até junho.


O conselheiro teria jogado sua caneta contra a parede enquanto declarava: "Seu idiota! Estaremos todos mortos até junho!


O livro também afirma que Trump considerou enviar pacientes infectados do COVID-19 para o campo de prisioneiros da Baía de Guantánamo, em Cuba, para mantê-los longe do resto da população e evitar a propagação do vírus.


Como destacamos na semana passada, outro livro também afirmou que o presidente Trump culpou Kushner por se concentrar demais no voto negro antes da eleição, uma tática que Trump achou inútil.


De acordo com o relatório, Trump disse a Kushner: "Eu fiz todas essas coisas para os negros – é sempre Jared me dizendo para fazer isso. E todos eles me odeiam, e nenhum deles vai votar em mim."


Muitos ativistas da America First tentaram avisar a administração Trump de que Kushner era um globalista e estava prejudicando a campanha de reeleição, embora sua influência só parecesse crescer ao longo de 2020.


Jared precisou de Trump apenas como um trampolim. E agora está aí buscando o que tanto ele almeja ser.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.