Ads Top

Estudantes do Ensino Médio do Estado de New Hampshire nos EUA, foram marcados com uma marca atrás da mão direita, que mostra quem está vacinado, e quem não está, durante o baile de formatura

Exeter High School, cerca de 50 km a leste de Manchester, organizou seu baile de formatura durante o primeiro fim de semana de junho e marcou qualquer estudante que não tivesse um cartão de vacinação com um sharpie preto, enquanto aqueles que tinham recebido a picada,  receberam uma marca vermelha, informou a NBC Boston. Um constituinte comparou a marca a uma "carta escarlate" e pediu a Litchfield para ir ao conselho escolar sobre isso. O distrito acrescentou que quando os alunos se inscreveram para o baile, eles foram informados sobre o sistema de rastreamento de contato, mas Litchfield alegou que os pais não tinham ideia.



Estudantes do ensino médio de New Hampshire foram marcados com uma marca com base em seu status de vacinação para o baile de formatura, indignando alguns pais e um legislador local que disse que a mudança era semelhante a uma carta escarlate.

Quer outro exemplo impressionante de ver o mundo se movendo para a Marca do Sistema besta? Em New Hampshire, estudantes do Exeter High School foram marcados, na parte de trás de suas mãos direitas, como vacinados e não vacinados. Esta é uma palavra, é a essência da Marca da Besta de Apocalipse 13. Pessoas boas e sem identificação são más. Pessoas marcadas recebem benefícios, pessoas não marcadas são segregadas e ostracizadas da sociedade convencional. Vê como isso funciona? A Bíblia com certeza sim.


E faz que a todos, pequenos e grandes, ricos e pobres, livres e servos, lhes seja posto um sinal na sua mão direita, ou nas suas testas,

Para que ninguém possa comprar ou vender, senão aquele que tiver o sinal, ou o nome da besta, ou o número do seu nome.

Aqui há sabedoria. Aquele que tem entendimento, calcule o número da besta; porque é o número de um homem, e o seu número é seiscentos e sessenta e seis.

Apocalipse 13:16-18 (KJB)


Como dissemos na semana passada, o vírus foi feito para a vacina, a vacina não foi feita para o vírus, e todo esse teatro da COVID está levando você rapidamente para a Marca da Besta. Eles ganharam muito com esse TEATRO COVID ¨atrapalhado¨ em um coronavírus feito num laboratório em Wuhan, e ao liberá-lo, então a única maneira de você voltar para a sociedade é recebendo uma marca, a PICADA, do governo? Não me engane, Maldito sistema, vá brincar com seus escravos midiáticos, conosco não. Eu sei o que estou procurando porque tenho uma Bíblia do Rei James que me diz o que estou olhando. E você também, ao ler, vai acreditar agir de acordo com a Sagrada Palavra de Deus. 


Exeter High School, cerca de 50 km a leste de Manchester, organizou seu baile de formatura durante o primeiro fim de semana de junho e marcou qualquer estudante que não tivesse um cartão de vacinação com um sharpie preto enquanto aqueles que tinham recebido o jab receberam uma marca vermelha, informou a NBC Boston.


"Se eles estivessem na pista de dança, eles tinham que levantar as mãos depois de cada três músicas para que seus números pudessem ser gravados por outros alunos de classe baixa para fins de rastreamento de contato. Há ainda mais na história, mas isso por si só é surpreendente para nós", disse um eleitor preocupado à representante Melissa Litchfield (R-New Hampshire), de acordo com um post no Facebook em 8 de junho.


Um constituinte comparou a marca a uma "carta escarlate" e pediu a Litchfield para ir ao conselho escolar sobre isso. O funcionário eleito, que tem sido uma voz aberta quando se trata de privacidade de vacinas, escreveu no Facebook "estamos lentamente roubando nossos filhos das liberdades, que tomamos como garantido por tanto tempo".


"SE A VACINAÇÃO FOR EFICAZ, E NESSE PONTO QUALQUER PESSOA DENTRO DO ESTADO PODE TER ACESSO A ELA (VULNERÁVEIS OU NÃO), O QUE IMPORTA SE O RESTO DA POPULAÇÃO ESTÁ VACINADA? AQUELES QUE TIVERAM A VACINA PROTEGIDA? LITCHFIELD QUESTIONADO NO POST.


Em resposta, o distrito escolar disse à NBC Boston que as marcas foram feitas com o propósito de rastreamento de contato, o que permitiu que todas as crianças comparecessem ao baile, independentemente de seu status de vacinação.


"Nosso feedback de alunos e pais tem sido extremamente positivo em relação à experiência do baile. Estamos cientes de que algumas preocupações foram expressas de que os alunos foram escolhidos ou tiveram sua privacidade violada. Fizemos todos os esforços possíveis – ao mesmo tempo em que aderimos às diretrizes de rastreamento de contato – para garantir que isso não acontecesse", disse o diretor Mike Monahan em um comunicado.


"Esperamos que a comunidade entenda que, embora nenhum modelo seja perfeito, esse modelo permite que os alunos desfrutem de uma experiência quase normal e altamente desejada para encerrar seu último ano. Essa é a memória que queremos deixá-los com.


O distrito acrescentou que quando os alunos se inscreveram para o baile, eles foram informados sobre o sistema de rastreamento de contato, mas Litchfield alegou que os pais não tinham ideia. LEIA MAIS

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.