Ads Top

Biden acidentalmente chamou Putin de "presidente Trump" em conferência na Suíça

 


O presidente Joe Biden escorregou depois de se encontrar com o presidente russo Vladimir Putin, a quem acidentalmente chamou de "presidente Trump".


Biden rapidamente se corrigiu e superou seu erro, que ele fez quarta-feira em uma coletiva de imprensa após a cúpula dos dois líderes.


Eles se reuniram para discussões legais, mas cordiais em Genebra, onde cederam pouco terreno, mas concordaram com vários princípios.


Eles interrogaram a mídia separadamente após a reunião, e Biden cometeu seu erro enquanto discutia as prioridades dos líderes em inúmeras áreas de relações internacionais.


"Peguei parte da conferência de imprensa do presidente Tru-, Putin, e ele falou sobre a necessidade de termos algum tipo de modus operandi onde o Ártico era de fato uma zona livre", disse Biden.


O momento foi notado em um tweet do correspondente chefe da CNN na Casa Branca, Kaitlan Collins.


O tweet foi amplamente compartilhado nas redes sociais, com alguns comentaristas aproveitando a opinião de que Donald Trump era inapropriadamente amigável com Putin enquanto presidente.

Antes da reunião, Trump em um post no blog negou mais uma vez qualquer conluio com a Rússia durante seu mandato e também pediu a Biden que enviasse a Putin "meus mais calorosos cumprimentos!"

Não é o primeiro erro que Biden comete em uma conferência de imprensa em março, ele chamou a vice-presidente Kamala Harris de "Presidente Harris".

Na trilha da campanha em 2019, ele também reconheceu um "deslize freudiano" quando chamou Trump de "Presidente Hump", como o The Washington Post noticiou.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.