Ads Top

Como foi a 1ª aproximação de Júpiter e Saturno nestes últimos dias de 2020, após 800 anos



Em 21 de dezembro, os dois maiores planetas do Sistema Solar formaram a rara "Estrela de Belém", aproximando-se em conjunção exata e deslumbrando o céu em um fenômeno astronômico raro, que não acontece desde os tempos medievais em época de festividades de finais de ano. 

Quando planetas se encontram tão perto uns dos outros no céu noturno, os astrônomos chamam o alinhamento de Grande Conjunção.

Júpiter é a estrela errante mais brilhante, superando o brilho de Saturno em 12 vezes. O gigante gasosa é a segunda mais luminosa no céu noturno atrás apenas da Lua.

O fenômeno é bastante raro! A última vez que esses planetas se encontraram de forma tão próxima, na época do Natal, foi em 1226. Agora, só em 2080, que o grande encontro acontecerá novamente.

VEJA AS IMAGENS AO REDOR DO MUNDO: 










Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.