Ads Top

Você vai ficar surpreso ao saber o motivo pelo qual o Príncipe Harry e Megan Markle decidiram se afastar da Família Real Britânica


Como muitos já sabem, as origens da Família Real Britânica, e da Rainha da Inglaterra em prevalecer o sangue azul dos reptilianos e dos Néfilins. (links sobre as palavras-chave). 

É notório que iriam criticar o novo membro da Família real Archie, filho do Príncipe Harry e da duquesa Meghan Markle. Os tabloides Ingleses dizem que William está sendo preconceituoso com Meghan (que é uma mulher biracial-mestiça já que seu Pai é Branco, Mãe negra, e há um pouco de Índios em sua árvore genealógica) ou fazendo Bullying com a criança. Mas não é só isto. Há uma verdade que liga todo o passado da monarquia Inglesa com seres que habitaram o mundo no passado. Daí o interesse em manter o sangue puro, o RH negativo. Por isso o Conde Vlad da Transilvânia (Atual Romênia) que também membros da Realeza Britânica descendem, se alimentava de sangue. Por isso foi o apelidado de Conde Vampiro. Séculos mais tarde viria Hitler que buscava uma raça mais pura, por isso aquela ideia de um mundo só com uma raça, mas essa raça não era apenas a de uma cor, mas sim uma raça mais próxima dos reptilianos, estes sucessores dos anjos caídos, os Néfilins. 

LEIA TAMBÉM: Princesa Diana foi morta pelos Illuminati, por que sabia demais sobre a Realeza Britânica



O bebê Archie não tem o sangue puro dos reptilianos, ou seja não é 100 % reptiliano como seus avós, tios, primos, e tias da realeza Britânica. Por isso foi criado o Megxit. Com medo de o bebê ser sacrificado em rituais, Meghan e Harry preferiram sair da Família Real. 


Os membros da Família Real Britânica não medem esforços para esconder o segredo, se caso alguma informação vazar na Inglaterra, onde poucos sabem da verdade sobre a monarquia. Com certeza algo de ruim pode acontecer tanto com Meghan e o bebê Archie. 

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.