Ads Top

Príncipe Harry e Meghan Markle se desvinculam financeiramente da Família Real Britânica



Meghan Markle e o Príncipe Harry anunciaram nesta quarta-feira (8) que se desvincularão financeiramente da Família Real em 2020. O comunicado oficial do Palácio de Sussex emitido em nome dos dois diz: “após muitos meses de repensar as estratégias, decidimos começar uma transição neste ano para desenvolver um novo papel na instituição (Família Real).”, explicaram.

“Pretendemos dar um passo atrás no papel de ‘membros importantes' da Família Real e trabalharemos para nos tornar independentes financeiramente, mas ainda servir completamente à Vossa Alteza Real, a Rainha Elizabeth II".

Ainda de acordo com a nota, Harry e Meghan irão dividir o tempo entre o Reino Unido e a América do Norte, o que irá permitir que o casal crie o filho com mais espaço para seguir o próximo capítulo de suas vidas, incluindo o lançamento de uma entidade de caridade completamente separada da Família Real atualmente.

“Estamos animados para compartilhar todos os detalhes desse nosso novo passo e ainda colaborar com a Rainha da Inglaterra, o Príncipe de Wales e o Duque de Cambridge. Até lá, por favor aceitem nossos profundos agradecimentos por todo o apoio". Veja o post inteiro abaixo:



Ver essa foto no Instagram

“After many months of reflection and internal discussions, we have chosen to make a transition this year in starting to carve out a progressive new role within this institution. We intend to step back as ‘senior’ members of the Royal Family and work to become financially independent, while continuing to fully support Her Majesty The Queen. It is with your encouragement, particularly over the last few years, that we feel prepared to make this adjustment. We now plan to balance our time between the United Kingdom and North America, continuing to honour our duty to The Queen, the Commonwealth, and our patronages. This geographic balance will enable us to raise our son with an appreciation for the royal tradition into which he was born, while also providing our family with the space to focus on the next chapter, including the launch of our new charitable entity. We look forward to sharing the full details of this exciting next step in due course, as we continue to collaborate with Her Majesty The Queen, The Prince of Wales, The Duke of Cambridge and all relevant parties. Until then, please accept our deepest thanks for your continued support.” - The Duke and Duchess of Sussex For more information, please visit sussexroyal.com (link in bio) Image © PA
Uma publicação compartilhada por The Duke and Duchess of Sussex (@sussexroyal) em

Tradução:

"Depois de muitos meses de reflexão e discussões internas, optamos por fazer uma transição este ano para começar a esculpir um novo papel progressivo dentro desta instituição. Pretendemos dar um passo atrás como membros "seniores" da Família Real e trabalhar para se tornar financeiramente independente, continuando a apoiar plenamente Sua Majestade a Rainha. É com o seu encorajamento, particularmente ao longo dos últimos anos, que nos sentimos preparados para fazer este ajustamento. Agora planejamos equilibrar nosso tempo entre o Reino Unido e a América do Norte, continuando a honrar nosso dever para com a Rainha, a Commonwealth e nossos patrocínios.

"Esse equilíbrio geográfico nos permitirá criar nosso filho com uma apreciação pela tradição real em que ele nasceu, além de proporcionar à nossa família o espaço para se concentrar no próximo capítulo, incluindo o lançamento de nossa nova entidade beneficente. Esperamos ansiosamente compartilhar todos os detalhes deste emocionante próximo passo no devido tempo, enquanto continuamos a colaborar com Sua Majestade, a Rainha, o Príncipe de Gales, o Duque de Cambridge e todas as partes relevantes. Até lá, aceite nossos mais profundos agradecimentos por seu apoio contínuo", diz ainda o texto, publicado em uma mensagem no Instagram (veja acima).

Em resposta, o gabinete da Rainha Elizabeth II divulgou um comunicado, no qual diz que as discussões com o casal estão em estágios iniciais. "Entendemos o desejo deles em adotar uma abordagem diferente, mas essas são questões complicadas que levarão tempo para serem resolvidas", diz o texto.


Harry é o sexto na linha de sucessão ao trono, atrás do pai, o príncipe Charles, de seu irmão mais velho, William, e dos sobrinhos, George, Charlotte e Louis.

Ele e Meghan, que nasceu nos Estados Unidos e morou por anos no Canadá, se casaram em maio de 2018 e o primeiro filho do casal, Archie Harrison, nasceu em maio de 2019.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.