Ads Top

Trump nega que Estados Unidos participou de ação surpresa contra Maduro e Venezuela



Após Nicolás Maduro dizer que dois cidadãos americanos foram detidos durante suposta invasão de homens armados a partir da Colômbia, Trump afirmou que seu governo não tem ligação com o caso.

Hoje (5), em declarações feitas a jornalistas na Casa Branca, o presidente americano, Donald Trump, afirmou:

"[A situação na Venezuela] não tem nada a ver com nosso governo", publicou a Reuters.
A declaração foi em referência ao último episódio de tensões entre ambos os países, quando um dito grupo de mercenários tentou invadir o território venezuelano por via marítima a partir da Colômbia neste final da semana.

Comentando o incidente, Maduro afirmou que entre os detidos estão dois cidadãos dos EUA.

Ainda em um vídeo da apreensão dos supostos mercenários, um dos detidos disse que parte dos envolvidos na ação trabalhava para a assessoria de segurança de Trump.

Tensões
O episódio se deu logo após temores de uma ação militar americana ao país sul-americano surgirem após os EUA aumentarem sua presença no Caribe e lançarem uma campanha pela captura de Maduro.

Por sua vez, Caracas acusa os EUA de tentarem desestabilizar o país e derrubar o presidente Nicolás Maduro.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.