Ads Top

Guterres, Secretário-geral da Onu diz que ¨um novo modelo de governança mundial¨ está chegando



António Guterres, secretário-geral das Nações Unidas – ONU e ex-chefe do Partido Socialista Português entre 1992 e 2002, discursou num evento em homenagem a Nelson Mandela no último sábado (18), ocasião em que delineou os planos futuros da ONU e a oportunidade que a pandemia de coronavírus tem produzido para avançar a agenda globalista. Falando sobre “lacunas governamentais”, Guterres disse que:

“Para fechar essas lacunas e tornar possível o Novo Contrato Social, precisamos de um Novo Acordo Global para garantir que poder, riqueza e oportunidades sejam compartilhados de maneira mais ampla e justa em nível internacional. Um novo modelo de governança global deve ser baseado na participação plena, inclusiva e igualitária nas instituições globais.[…] Um novo acordo global, baseado em uma globalização justa, nos direitos e dignidade de todo ser humano, em viver em equilíbrio com a natureza, em levar em consideração os direitos das gerações futuras e em sucesso medido em termos humanos e não econômicos, é a melhor maneira de mudar isso. O processo de consulta mundial por volta do 75º aniversário das Nações Unidas deixou claro que as pessoas querem um sistema de governança global que atenda a elas.”


No começo deste mês, António Guterres escreveu um ensaio com o título de Global Wake-up Call (Chamada do Despertar Global), no qual o burocrata globalista pede “mecanismos muito mais robustos de governança global com cooperação internacional.”
Guterres foi presidente da Internacional Socialista, de 1999 a 2005, uma organização internacional que se ocupa na divulgação e implementação do “socialismo democrático” através da união de partidos de esquerda.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.