Ads Top

Genro de Silvio Santos e Ministro das Comunicações do Governo Bolsonaro, Fabio Faria diz no programa do Ratinho que ¨China precisa mais do Brasil, do que o Brasil da China¨


O ministro das Comunicações, Fábio Faria, minimizou, nessa 3ª feira (11.mai.2021), uma suposta dependência econômica do Brasil à China ao responder sobre a relação do governo federal com o País Asiático.

Em entrevista ao “Programa do Ratinho“, do SBT, o ministro disse que as divergências do presidente Jair Bolsonaro e de seus aliados com a China não são um fator de preocupação para o Brasil.



“Muita gente diz: ‘ó, o Brasil está brigando com a China’. Ó, vou dizer um negócio: a China precisa muito mais do Brasil do que o Brasil da China, o Brasil é o único país que dá para o meio ambiente terras férteis. ‘Estados Unidos protege terra’ [dizem]. Protege onde tem gelo, aqui protegemos terras férteis”, declarou.


Durante o programa, o apresentador Ratinho citou que Fábio Faria é casado com Patrícia Abravanel, filha do dono do SBT, Sílvio Santos. O nome do proprietário do canal, no entanto, não foi mencionado na entrevista.


A declaração do ministro de Bolsonaro ocorre em meio ao debate sobre a participação da Huawei no leilão que vai escolher empresa que vai implantar a rede 5G no Brasil. Fábio Faria, já disse mais de uma vez que as regras de governança corporativas da Huawei a excluem do processo.


O governo trabalha com a previsão de julho para a realização do leilão. Serão leiloadas 5 faixas de radiofrequência: 700 MHz, 2,3 GHz, 3,5 GHz e 26 GHz. Além de internet até 100 vezes mais rápida, as redes de 5ª geração usam um espectro de rádio mais abrangente, permitindo que mais aparelhos móveis se conectem simultaneamente, com maior estabilidade do que os atuais 4G, 3G e 2G.


A Anatel aprovou o edital do certame em 25 de fevereiro. No mesmo mês, antes de embarcar com uma comitiva para conhecer a aplicação da rede de 5ª de geração em outros países, o ministro disse que a corte levaria 60 dias para avaliar o tema. O prazo regimental, no entanto, é de 150 dias.


A guerra de versões a respeito da participação chinesa no leilão levou um dos filhos do presidente da República, o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), a causar um incidente diplomático com o país asiático ao escrever o seguinte no Twitter, em novembro:





“O governo Jair Bolsonaro declarou apoio à aliança Clean Network, lançada pelo governo Donald Trump, criando uma aliança global para um 5G seguro, sem espionagem da China”.


A embaixada chinesa classificou o ataque como “inaceitável“ e afirmou que esse tipo de fala poderá ter “consequências negativas” para a relação dos 2 países.


A Huawei é banida das redes 5G de países como Estados Unidos, Reino Unido, Austrália e Suécia. Eis um infográfico com os principais países que autorizam e rejeitam o 5G da Huawei:



Um dos motivos pelo qual veio a coroa de vírus, implementar o 5G. Para quem mora em lugar que dá para plantar árvores, vale a pena, ou qualquer planta que cresça bem e faça sombra, e que seja verde. Pois o verde te protege dos raios do 5G que danificam a sua vida e saúde. Como o Fabio Faria disse no Ratinho, o 5G não é apenas para as pessoas, mas sim para as empresas, mas o que ele não disse, é que o 5G veio para controlar e dá o upgrade que eles queriam na revolução 4.0, fiquem atentos e se preparem desde já, enquanto ainda temos um pouco de liberdade. 

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.