Ads Top

Feminista Judith Butler é recebida no Brasil aos gritos de bruxa, protestos e bonecos queimados



Sob protestos a favor e contra, a filósofa norte-americana Judith Butler abriu no Sesc Pompeia, em São Paulo, o seminário Os Fins da Democracia, na manhã desta terça-feira, 7. Grupos conservadores chegaram a atear fogo num boneco com o rosto de Butler, aos gritos de "queima, bruxa". Um boneco do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso também foi queimado.

"Não está claro se estamos vivendo no mesmo tempo político. Em várias partes do mundo nos perguntamos: em que século vivemos?", questionou a filósofa, do lado de dentro. Até algumas semanas atrás, Butler não passava de uma desconhecida para a maioria do grande público brasileiro. Sua primeira vinda ao País, em 2015, passou quase despercebida. Aos 61 anos, a professora da Universidade da Califórnia é considerada uma das mais importantes filósofas dos EUA. Sua obra aborda temas como a crítica ao sionismo e a questão Israel-Palestina - esta, inclusive, era o tema da palestra.

Mas o foco da ira dos conservadores são ideias sobre a questão de gênero, expostas no livro Problemas de gênero - Feminismo e subversão da identidade, publicado em 1990. Mais de 350 mil pessoas assinaram uma petição online pedindo a proibição do seminário no Sesc Pompeia.

"O brasileiro não aceita a depravação da nossa cultura", se opunha um manifestante. Outros carregavam cartazes contra o ensino da ideologia de gênero nas escolas. Num deles, lia-se: "Em defesa das princesas do Brasil". "Ela é personificação da ideologia de gênero, uma falsa acadêmica que defende uma falsa ideologia", afirmou a hoteleira Celene de Carvalho, dos grupos Ativistas Independentes e São Paulo Tem Jeito, cujo carro serviu de apoio para a caixa de som do protesto, que mesclava também representantes dos grupos Juntos Pelo Brasil, Direita SP e Carecas do ABC, organização de skinheads que se intitula "nacionalista", e defensores da intervenção militar. Entre os gritos de "fora, Butler" e "I love you, Trump", bradavam palavras de apoio ao deputado federal Jair Bolsonaro.




Veja o vídeo abaixo: 



 

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.