Ads Top

Justin Trudeau envolvido em escândalos que podem custar seu cargo

Um dos maiores queridinhos da mídia chique internacional, o possível filho de Fidel Castro, Justin Trudeau, está metido num cabeludo escândalo que pode lhe custar o cargo antes mesmo das eleições de outubro desse ano (em que as pesquisas já mostravam equilíbrio com relação a seu concorrente, o conservador Andrew Scheer).


Margaret Sinclair, mãe de Justin Trudeau em uma de suas várias visitas a Cuba com o filho, atual premiê. Trudeau já elogiou publicamente o ditador.

Já tido como salvaguarda das democracias liberais pelo El País ou como o “anti-Temer” pela revista época, baluarte do iluminismo liberal-democrata na era das trevas trumpiana, está envolvido no que pode se consolidar como o maior caso de corrupção da história do pacato e exemplar Canadá.
Cynara - trudeau
Prêmio Mick Jagger para Cynara Menezes. Pedro Sanchez, o psolista espanhol sofreu sonora derrota no parlamento de seu país e já convocou eleições.

Trudeau rebaixou de cargo a primeira mulher aborígene Ministra da Justiça e Procuradora-Geral do país porque ela se negou a ceder à sua interferência política direta e indireta e, além disso, recusou-se a fazer um acordo em um processo criminal contra uma empresa globalmente corrupta e que dá suporte ao tal líder do país na província natal dele. Noto à memória do leitor que Trudeau formou uma das equipes de governo com maior diversidade étnico-sexual da história, vendendo e reforçando sua imagem de progressista e sinalizando virtude para a esquerda lacradora de rede social.

Sua ex-Ministra da Justiça depôs no parlamento e nomeou todos os participantes do governo que a pressionaram diretamente por motivos financeiros, políticos e eleitorais (inclusive seu ex-chefe).

Já violou 5 vezes as normas de ética e de conflito de interesses do governo – já foi até multado por isso.

Já bolinou repórter e disse que, se soubesse que ela pertencia a um jornal de grande circulação, não teria agido daquela forma.
Herdou a fortuna do pai, nunca trabalhou e entrou na política porque fazia parte do jetsete seu pai era famoso.

É o governante mais inepto que o Ocidente já produziu em toda a história; uma Dilma que deu certo, se é que isso é possível.

Está construindo a passos largos as condições para realizar a façanha de não ser reeleito em um país mais estável do que água de poço.

Tem a menor taxa de aprovação entre os governantes dos países da região.
A grande mídia oficial, até hoje, só mentiu sobre ele e, por isso, as pessoas comuns não sabem quem ele realmente é. Uma mistura de Obama na fama internacional e Dilma no teste de inteligência.

*Agradecimentos especiais ao amigo Markian Kalinoski, brasileiro residente no Canadá que sempre me brinda com informações atualíssimas e pertinentes sobre o Canadá.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.