Ads Top

Donald Trump ficará ¨decepcionado¨ se Pyongyang reconstruir base de mísseis

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, declarou nesta quarta-feira que ficará "muito decepcionado" se for confirmada a informação de que a Coreia do Norte está reconstruindo uma base para o lançamento de mísseis.
Em declaração a jornalistas, Trump avaliou que "ainda é muito cedo para ver" se tal informação é verídica.


Trump e o líder norte-coreano, Kim Jong Un, mantiveram na semana passada uma segunda cúpula para discutir a eliminação das armas nucleares da península coreana, mas o encontro terminou abruptamente e sem um acordo.
Especialistas avaliam que a reconstrução da base de mísseis começou antes mesmo da segunda cúpula, celebrada no Vietnã.
"Esta instalação estava inativa desde agosto de 2018, o que indica que a atividade atual é deliberada e tem um propósito", destacaram investigadores do Centro de Estudos Estratégicos e Internacionais (CSIS), com sede em Washington.
Os especialistas estimam que a atividade pode ter o objetivo de "demonstrar uma posição diante da rejeição dos Estados Unidos" ao pedido da Coreia do Norte de uma redução das sanções em troca de certo desmantelamento da infraestrutura de armas nucleares.
Kim aceitou fechar a base de testes de mísseis Sohae em uma cúpula com o presidente da Coreia do Sur, Moon Jae-in, em Pyongyang, como parte das medidas de fomento da confiança. Em agosto, imagens de satélite sugeriram que operários desmantelavam um prédio no local.
Mas o CSIS avalia que a atividade na base de Sohae, de onde Pyongyang lançou satélites em 2012 e 2016, é "evidente".

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.