Ads Top

Jair Bolsonaro é empossado como o Trigésimo Oitavo Presidente do Brasil


Jair Messias Bolsonaro foi empossado presidente do Brasil na tarde desta terça-feira, 1, pelo presidente do Congresso Nacional, senador Eunício Oliveira (MDB-CE). Na sessão, que aconteceu no plenário da Câmara dos Deputados em Brasília (DF), Bolsonaro assumiu o compromisso de manter, defender e cumprir a Constituição, observar as leis, promover o bem geral do povo brasileiro, sustentar a união, a integridade e a independência do Brasil.
O juramento foi seguido do primeiro discurso de Bolsonaro como 38º presidente do Brasil. Durante sua primeira fala como presidente, Bolsonaro fez memória ao atentado sofrido no dia 6 de setembro de 2018, durante Campanha Eleitoral realizada em Juiz de Fora (MG). O presidente citou os cuidados que recebeu dos profissionais da Santa Casa de Misericórdia da cidade, e agradeceu por estar vivo: “Obrigado meu Deus!”. Bolsonaro afirmou estar fortalecido e profundamente agradecido a Deus por sua vida.
O presidente afirmou que seu mandato será de grandes desafios, mas destacou a esperança como sua principal motivação. Bolsonaro convocou os novos congressistas a ajudarem na missão de proteger e libertar o Brasil da corrupção, falou sobre irresponsabilidade econômica na política e também em submissão ideológica. “Temos uma oportunidade única de reconstruir o nosso país e resgatar a esperança de nossos compatriotas”, afirmou.
“Se tivermos a sabedoria de ouvir a voz do povo teremos êxito”, sublinhou o novo presidente, que prosseguiu recordando sua meta de unir o povo, valorizar a família e respeitar as religiões: “O Brasil voltará a ser um país livre das amarras ideológicas!”. Bolsonaro falou também em responsabilidade e consciência governamental, e declarou seu compromisso em colocar o Brasil acima de tudo, e Deus acima de todos – slogan de sua campanha.
O presidente agradeceu os brasileiros pela confiança e reforçou: “Nada teria acontecido sem o esforço e engajamento de cada um dos brasileiros para preservar nossa liberdade e democracia”. Bolsonaro falou em um país sem discriminação, que honre e valorize os membros da segurança pública, na legitimidade do congresso nacional e em reformas estruturais. O comércio internacional também foi citado pelo presidente, que afirmou acreditar em um livre mercado, e em um gasto consciente do dinheiro público.
“Uma nação mais justa e desenvolvida requer a ruptura de práticas que atrasam o progresso”, sublinhou o novo presidente em referência à corrupção. Bolsonaro recordou a crise ética e moral que o país veem enfrentando, e a taxou como a maior da história do Brasil. O presidente concluiu seu primeiro discurso, afirmando que seu governo escreverá um novo capítulo da história do país: “Deixo essa casa rumo o planalto com a missão de representar o povo brasileiro. Trabalharei incansavelmente para que o Brasil encontre seu destino”.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.