Ads Top

Donald Trump considera perigosa ações de Twitter e Facebook de censurarem vozes conservadoras; ¨Quando tiram certas pessoas do Twitter ou do Facebook estão tomando essa decisão, isso é realmente perigoso, porque pode ser você amanhã¨

Donald Trump, presidente dos Estados Unidos, é um assíduo usuário do Twitter e nesta semana ele comentou as possíveis consequências das ações que algumas redes sociais vem tomando nos últimos meses. Em uma entrevista para a Reuters, Trump afirmou que as redes sociais acabam calando vozes conservadoras:

Estão discriminando totalmente vozes republicanas e conservadoras. Muitas dessas vozes estão sendo destruídas, algumas boas e outras ruins.
Trump fez do seu Twitter uma espécie de arena para comunicados oficiais e muitas das vezes anuncia ações antes mesmo dos assessores da Casa Branca. Por conta disso, seu perfil na rede social atualmente já conta com 53 milhões de seguidores, sendo que a maioria é ativa oferecendo interações em todos os posts.
Em um dos tweets de Trump, ele não quis mencionar o caso envolvendo Alex Jones do InfoWars. Mesmo assim, o presidente alegou que ações do Twitter, Facebook e Apple podem ser perigosas no longo prazo:

Não vou mencionar nomes, mas quando tiram certas pessoas do Twitter ou do Facebook e estão tomando essa decisão, isso é realmente perigoso, porque pode ser você amanhã
Como sabemos, Trump já fez algumas participações em vídeos do InfoWars. Por conta disso, ele acredita que as redes sociais devem ter cuidado ao silenciar certas vozes da sociedade. Procuradas para comentar as afirmações, Apple, Facebook, Twitter e YouTube não quiseram se manifestar.
Mesmo assim, conforme já mostramos anteriormente, a maioria dos problemas enfrentados por Alex Jones e seus seguidores envolve principalmente a violação dos termos de serviço dessas redes sociais. No entanto, em julho o Twitter já havia dito que não removia conteúdo por questões políticas, apenas por incitação ao ódio:

Nosso objetivo é servir para a conversa, não para fazer julgamentos de valor sobre crenças pessoais
Você concorda com Trump? Conte para nós sua opinião aqui nos comentários.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.