Ads Top

Com visita de Netanyahu: Jair Bolsonaro é ovacionado depois de discurso em sinagoga no Rio de Janeiro


Após o almoço com o primeiro-ministro de Israel Benjamin Netanyahu, na Forte de Copacabana, o presidente eleito Jair Bolsonaro foi a sinagoga Kehilat Yaacov, no Rio de Janeiro, onde reafirmou que a partir de agora Brasil e Israel serão mais que parceiros, “nós seremos irmãos”. A plateia gritou “mito, mito” antes e depois da fala do capitão reformado.
Bolsonaro ressaltou que  sempre teve Israel como exemplo de patriotismo.“Nos últimos anos para estimular o povo brasileiro, para dizer que nós temos tudo para dar certo, eu sempre citava o exemplo de Israel, olha o que eles não têm, olha o que eles são”. Em uma comparação entre as nações, o presidente eleito destacou “Agora olha o Brasil, veja o que nós temos e o que não somos”.
Para o capitão reformado, o que falta ao Brasil é fé e vontade de querer acertar, além da falta de parcerias e acordos com outras nações. Bolsonaro disse que a primeira visita de um primeiro-ministro israelense ficará marcada na história do Brasil. ” Mas a grande marca será sim, a nossa afinidade e a nossa aproximação”. Bolsonaro afirmou estar muito honrado e alegre com os acordos que foram firmados com Israel.
Netanyahu também discursou e falou sobre a importância da aproximação dos países.”Não é apenas um pacto de interesses, é um pacto de união”.
Depois da fala dos dois políticos, todos ouviram e cantaram o hino nacional das duas nações.




Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.