Ads Top

Porta-Voz de Bolsonaro diz que Presidente Brasileiro discutirá no G20, a Inteligência Artificial e a redução da População Mundial


O porta-voz da Presidência, Otávio do Rêgo Barros, disse nesta terça-feira (25/06/2019) que o Brasil não vai aceitar restrições nas regras para subsídios industriais na reforma da Organização Mundial do Comércio (OMC). Caso o trecho sofra alterações, o país vai propor mudanças nas regras de subsídios agrícolas em benefício próprio. “A reforma da OMC é necessária, pois as regras são de décadas atrás”, comentou.

As negociações vão ocorrer durante encontro com do G20, no Japão. Nesta edição, o Brasil vai presidir as reuniões. Em aproximação com o grupo e com o país, Barros adiantou que o presidente Jair Bolsonaro (PSL) pretende voltar ao Japão em novembro.

Alguns temas são fixos nas discussões do grupo, como a desigualdade social e a estabilidade financeira dos países. Porém, nesta edição, também serão abordados os desafios do comércio internacional e questões que afetam o investimento. Segundo Barros, lixo plástico no oceano, envelhecimento da sociedade, sustentabilidade ambiental, inteligência artificial e polícias anticorrupção também estarão na pauta.



“O comércio e a troca de interesses com países estarão a mesa. Há o interesse em se aproximar da China”, disse o porta-voz. Ele adiantou que a crise na Venezuela pode ser um assunto posto à mesa pelos presidentes dos países.

Agenda da viagem
Bolsonaro sairá de Brasília na noite desta terça-feira, com previsão de chegada a Osaka às 13h35, no horário local. Nesta quinta-feira (27/06/2019), ele terá a noite reservada para compromissos privados. Os trabalhos do G20 se iniciam na sexta-feira (28/06/2019). Pela manhã, o presidente se encontra com integrantes da presidência do Banco Mundial e recebe o troféu de dirigentes da Câmara e do Comércio Industrial do Brasil. Em seguida, tem reunião informal com os líderes do BRICS.

Está agendada para as 11h10 uma reunião bilateral com o presidente da China, Xi Jiping. Às 12h se inicia a primeira sessão plenária do G20, seguido de encontros com líderes da economia digital.
No sábado, Bolsonaro vai se encontrar com o primeiro ministro da Índia e, logo em seguida, terá reunião com o G20 sobre empoderamento das mulheres. O dia seguirá com reuniões de plenário do grupo. O presidente retorna ao Brasil à noite.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.