Ads Top

Onu se recusa a tomar uma posição e decidir como deve agir na Venezuela


A ONU (Organização das Nações Unidas) não irá tomar parte sobre as variadas soluções propostas por diferentes nações, que planejam se reunir para solucionar a grave crise na Venezuela, que teve início com a revolução bolivariana chavista.

António Guterres, secretário-geral da organização, disse que não comparecerá a uma reunião marcada em Montevidéu na próxima quinta-feira (7), onde estarão reunidos representantes de diversos países, com o objetivo de promover o diálogo entre o presidente interino Juan Guaidó, e o ditador Nicolás Maduro.

“A secretaria da ONU decidiu não fazer parte destes grupos para dar credibilidade à nossa oferta de bons ofícios às partes para que, a pedido seu, possamos ajudar a encontrar uma solução política”, declarou Guterres

O diplomata português tentou forjar uma preocupação com a situação precária na qual os venezuelanos se encontram, mas deixou claro que a ONU manterá a “neutralidade” no caso.



Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.