Ads Top

Temer consegue votos suficientes que barra denúncia da PGR


O Plenário da Câmara se reuniu nesta quarta-feira para votar o parecer da Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) contrário à autorização para que o Supremo Tribunal Federal (STF) analise denúncia contra o presidente Michel Temer por crime de corrupção passiva, informou a Agência Câmara Notícias.
O parecer foi lido no Plenário na terça-feira pela segunda-secretária da Casa, deputada Mariana Carvalho (PSDB-RO). Em seguida, o presidente foi notificado pelo primeiro-secretário, deputado Giacobo (PR-PR).
Para abrir a sessão, era necessária a presença de 51 deputados presentes na Casa. Já para iniciar a votação, são necessários 342 deputados presentes. 
Para derrubar o parecer da CCJ, 342 deputados precisam votar contra o texto. Nesse caso, o Supremo fica autorizado a analisar a denúncia.
Acompanhe ao vivo:
  

  • 20:19

    A matemática não permite mais o avanço da denúncia

  • 20:16

    Rio de Janeiro

    Alessandro Molon (REDE) - NÃO
    Alexandre Serfiotis (PMDB) - AUSENTE
    Alexandre Valle (PR) - SIM
    Altineu Côrtes (PMDB) - SIM
    Arolde de Oliveira (PSC) -NÃO
    Aureo (SD) - SIM
    Benedita da Silva (PT) - NÃO
    Cabo Daciolo (PTdoB) - NÃO
    Celso Jacob (PMDB) - SIM
    Celso Pansera (PMDB) - NÃO
    Chico Alencar (PSOL) - NÃO
    Chico D'angelo (PT) - NÃO
  • 20:10

    Vitória de Temer

  • 20:08

    Ceará

    Adail Carneiro (PP) - NÃO
    André Figueiredo (PDT) - NÃO
    Aníbal Gomes (PMDB) - SIM
    Ariosto Holanda (PDT) - NÃO
    Cabo Sabino (PR) - NÃO
    Chico Lopes (PCdoB) - NÃO
    Danilo Forte (PSB) - SIM
    Domingos Neto (PSD) - SIM
    Genecias Noronha (SD) - SIM
    Gorete Pereira (PR) - SIM
    José Airton Cirilo (PT) - NÃO
    José Guimarães (PT) - NÃO
    Leônidas Cristino (PDT) - 
    Luizianne Lins (PT) - NÃO
    Macedo (PP) - SIM
    Moses Rodrigues (PMDB) - SIM
    Odorico Monteiro (PSB) - NÃO
    Paulo Henrique Lustosa (PP) - SIM
    Raimundo Gomes de Matos (PSDB) - AUSENTE
    Ronaldo Martins (PRB) - NÃO
    Vaidon Oliveira (DEM) - SIM
    Vitor Valim (PMDB) - NÃO
  • 20:07

    Resultado parcial recomenda a REJEIÇÃO da denúncia contra Temer por corrupção passiva

    SIM: 161
    NÃO: 132
    AUSENTE: 13
    ABSTENÇÃO: 1
  • 20:01

    Maranhão

    Aluisio Mendes (PTN) - SIM
    André Fufuca (PP) - SIM
    Cleber Verde (PRB) - SIM
    Deoclides Macedo (PDT) - NÃO
    Eliziane Gama (PPS) - NÃO
    Hildo Rocha (PMDB) - SIM
    João Marcelo Souza (PMDB) - SIM
    José Reinaldo (PSB) - SIM
    Junior Marreca (PEN) - SIM
    Juscelino Filho (DEM) - SIM 
    Luana Costa (PSB) - NÃO
    Pedro Fernandes (PTB) - SIM
    Rubens Pereira Júnior (PCdoB) - NÃO
    Sarney Filho (PV) - SIM
    Victor Mendes (PSD) - SIM
    Waldir Maranhão (PP) - NÃO
    Weverton Rocha (PDT) - NÃO
    Zé Carlos (PT) - NÃO
  • 19:59

    Se você ainda está confuso, um lembrete

  • 19:59

    Ovacionado

    Chamado para votar, o deputado Tiririca (PR-SP) foi um dos mais ovacionados pelos demais parlamentares. Escolheu votar não, contrário ao relatório e favoravelmente ao prosseguimento da denúncia contra Temer.
  • 19:56

    Discurso da vitória de Temer já está pronto  


  • 19:50

    Resultado parcial recomenda a REJEIÇÃO da denúncia contra Temer por corrupção passiva

    SIM: 147
    NÃO: 111
    AUSENTE: 10
    ABSTENÇÃO: 1
  • 19:46

    'Poeta' do PSD

    "O que o PT uniu, o Janot não separa". Foi assim que o deputado Goulart (PSD-SP) definiu o seu voto, afirmando que os petistas uniram o Brasil "de norte a sul" à época do impeachment de Dilma Rousseff, e que a denúncia do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, não pode separar.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.