Ads Top

Mais Conta pra pagar ! Dilma Apoia repartir CPMF entre governo e municípios




A presidente Dilma Rousseff decidiu acatar o pedido de governadores e prefeitos para repartir os recursos oriundos da CPMF com Estados e municípios. Em reunião com a base aliada do Senado na noite desta segunda-feira, ela informou que o governo poderá apresentar uma emenda ao projeto de recriação do tributo elevando a alíquota de 0,20% para 0,38%. 

A ideia é de que a diferença de 0,18% seja repartida meio a meio a Estados e municípios. A avaliação do Palácio do Planalto é de que, sem o apoio de governos municipais e estudais, dificilmente será possível aprovar a recriação do tributo no Congresso Nacional, que reluta em votar a proposta em um ano eleitoral.

A forma como a distribuição seria feita, no entanto, ainda não tem consenso. Mais cedo, em reunião da presidente com ministros, Nelson Barbosa (Fazenda) defendeu que de um percentual de 0,09%, 70% sejam vinculados ao FPM (Fundo de Participação dos Municípios), beneficiando as cidades menores, e 30% sejam distribuídos de acordo com o número de usuár

No entanto, parlamentares acreditam que uma proposta defendida pelos municípios menores deve ter mais apelo no Congresso. Eles pedem que os recursos sejam todos vinculados ao FPM. A reunião da presidente com os senadores foi mais descontraído do que as reuniões que eram realizadas no ano passado, segundo os parlamentares.

Eles apresentaram opiniões sobre a colaboração que o Senado pode dar para resolver a crise econômica que assola o país. Questões relacionadas à crise política, como o impeachment, foram deixadas de lado. Desde o ano passado, o Senado tem sido o último bastião de apoio ao governo Dilma. Dilma pediu apoio também à reforma da Previdência que o governo


Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.